4 de maio de 2011

Quando cruzei a porta
Percorri o olhar a te procurar
Embora a certeza de que não estaria ali
Há lembranças que simplesmente não esqueci

Segui o mesmo caminho de anos
Tal qual sempre me levou até você
A poltrona vazia ainda estava lá
E seu sorriso...
Seus olhos marejados de alegria
Onde estará?

Todo o carinho que passou para mim
Me fez ser quem eu sou, assim
Eu aprendi muito contigo
Meu avô
Meu pai
Meu amigo

Infeliz quem não te conheceu
Porém, este não sentiu dor
Até nos últimos momentos você sorriu, pediu
"Estejam todos aqui"
Sua meta de vida sempre foi essa
Nos manter unidos
Acima de tudo, sem razão

E agora eu choro porque não sinto seu cheiro
Porque não ouço sua risada e suas palavras
É tão difícil não saber o porquê!

Se foi, mas deixou história e todo amor
Nenhum lirismo meu poderá te descrever
Guerreiro, herói? Não só isso
Simples ser humano
Sua alma está conosco ou no alabastro celestial?
Sua essência sim, seus ensinamentos
Sinto sua falta...

3 comentários:

  1. Obrigada pessoas!
    Nem ia postar esse pensamento, que pra mim é pessoal, mas foi bom. Bom saber que vocês gostaram.
    Beijos

    ResponderExcluir